terça-feira, 17 de agosto de 2010

"Haveria um lampejo de insanidade em seus olhos escuros?"

Olá, estive longe todos esses dias, porem com aviso prévio.

 Querem saber, eu não sei quando, onde, como, mas me perdi. Sorriso forçado pela manhã, comprimentos educados ao meio dia, despedidas mecânicas a tarde... e só a noite no silencio, frieza e solidão consigo pensar.
_ E se minha sina, destino for apenas ela, essa doença que me destrói, essa dor que eu amo, que preciso sentir, se for a unica solução me entregar a ela e vegetar, e se...?
O que assusta, me destrói é chorar. Eu, que nunca chorava, sequer uma lágrima mesmo perante a morte, hoje derramo verdadeiros oceanos sem saber explicar quando começou a ferir a dor que era boa de sentir. Me corto, sangro, me sinto viva. Mas pra que viver, viver sem sentido?


" [...] Jogara nas águas serenas do corpo dela, da alma dela, a pedra de sua estranha paixão, e fora embora deixando-a num redemoinho que não se aquieta mais."

3 na sua opinião ...:

Line ( Mais um dia aqqui ) disse...

me deu arrepios lendo.. estou nesse estado agora!
e me deixa triste saber que voce esta assim, queria tanto te ver sorrir!
mas acho que no momento não tenho nenhum conselho util pra te dar, por estar igual a voce.
<3

Maybe ice light disse...

oi flor
mta força viu?
não se corte querida isso faz tão mal,pode acreditar
precisando de mim eu estarei aki ok amor?
melhoras pra vc bjos

Sopadeborboleta♥ disse...

Toda anna tem lado fraco lado escuro ... mais temos que ser forte para chegarmos ao fim ..afinal ..se não .. não teria sentidoo!!
força magras e felizes!!!

Postar um comentário

Vocês são muito importantes pra mim!